Casamento dos Sonhos

“Dinheiro não traz felicidade.”, “dinheiro não nasce em árvore”

19020810-A-conceptual-illustration-of-a-tree-growing-money-in-the-form--Stock-Photo

Muitos de vocês já devem ter ouvido e até mesmo falado estas palavras tão fortes e verdadeiras, mas o que ninguém diz, ou se diz não acredita, é que dinheiro não é tudo, mas faz 100%

No momento de crise que nós estamos passando em nosso pais, pensava eu, que não teríamos muitas pessoas investindo dígitos astronômicos para realizar seu tão grande sonhado e esperado dia, seu casamento, mas para minha surpresa os valores que estão sendo gastos nesse momento tão especial esta DIARIAMENTE aumentando.

Decidi, então, fazer uma seria pesquisa com clientes e amigos do ramos de festa para saber como essas pessoas estão conseguindo tal façanha, e para minha surpresa, apenas 5% dos 90 casais entrevistados, afirmam terem se programado financeiramente e que não assumiram riscos ou dividas para realizar seu dia glorioso.

Todos os demais haviam feito empréstimos, venderam carros, terrenos e até deixado familiares endividados para poder fazer suas festas.

Pensando em ajudar esse 95%, criei um passo a passo com algumas maneiras de não transformar seu tão sonhado casamento em uma experiência traumática.

Antes de tudo, tão importante como a decisão de casar é ter certeza do que realmente significa “unir as escovas de dentes”. Por isso, o período de namoro e noivado são tão importantes para que os noivos realmente consigam conhecer as características pessoais e familiares do par.

Cuidado, não estamos afirmando que seu casamento deve tratado como um negócio. Antes de tudo, casar significa criar um compromisso em busca do sonho de criar uma família e prosperar como tal.

Para isso temos esse Checklist para planejar bem o casamento

  • Antes de começar, defina um valor
  • Tenha uma reserva de emergência
  • Faça uma lista realista de convidados
  • Faça lista de tudo o que precisa ser contratado (Lembre, nem sempre as coisas que você PRECISA são as mesmas que você quer)
  • Faça contrato (e leia tudo) com todos os fornecedores
  • Negocie descontos e condições de pagamento (Sempre!)
  • Aceite ajuda de amigos para economizar na festa

 

Se você já entendeu que não dá para incluir no pacote tudo o que você gostaria de ter na celebração da sua união, ótimo! Compreender que esse é o momento de tomar decisões conservadoras é o primeiro passo para começar a vida a dois sem dívidas.

Confira, a seguir, algumas dicas para você planejar e realizar o seu casamento sem gastar muito.

1. OrçamentoCoinsNSMB2

Antes de começar a fazer listas, é preciso definir o valor que pretendem (e podem!) gastar.

Eu seu, eu sei… é chato e cansativo, mas não tem passe mágico.

Considere tudo o que esteja relacionado ao evento e que será bancado pelo casal: cerimônia religiosa, festa, lua de mel etc. O ideal é seguir o orçamento à risca e não levar dívidas para depois da cerimônia. No entanto, parcelar algumas coisas pode até ser uma boa opção – desde que seja um ótimo negócio, com um prazo não muito longo, para não comprometer as contas que vocês já têm e terão.

 

2. Poder X Quererpresentes-para-noivas

Quando todos dizem que a festa é dos sonhos, não está sendo levado em consideração a sua carteira, que se unirá a outra e terá filhos (se vocês administrarem direito suas finanças).

Nesse, momento é preciso limpar a mente das fantasias do “casamento dos sonhos” e pôr os pés no chão. Planejar com muita idealização pode ser bem frustrante e até desanimador quando percebemos que não dá para fazer tudo, mas com um pouco de criatividade e carinho pela sua união, você conseguira ter não somente seu casamento com a pessoa que lhe fará o mais feliz que ela conseguir, mas a certeza de que essa união esta financeiramente sólida.

Então, seja realista e não espelhe o seu casamento no da sua amiga ou parentes mas, sim, naquele que você quer e cabe no seu bolso.

 

3. Dialogue95354_danielleconvite3

A vontade de fazer uma festa grandiosa pode ser de apenas um dos noivos.

Porém, é preciso haver entendimento e conciliação, para que a vida, ao lado de outra pessoa, comece com o pé direito.

Dessa forma, fica claro, para ambos, o que vai ser feito, como e quando; evitando, assim, surpresas e desentendimentos.

Exercite, pois esse é apenas a primeira de muitas decisões que vocês terão que tomar.

 

4. Lista de desejos e Lista de aquisiçõesLista

Hoje, a lista de coisas que tem para serem fornecidas para os casamentos é INFINITA, na grande maioria, são supérfluas, mas lindíssimas.

Para não ser ludibriada por essas coisa que não são essenciais temos uma dica muito boa…

Faça duas listas. A primeira com coisas que não podem faltar, como o local para fazer a cerimônia, os convites, o bolo, vestido de noiva, fotógrafo, comida, bebida etc.

E a segunda com coisa que você gostaria.

Com isso, faça um levantamento do custo da lista de necessidades.

Assim, se houver uma “folga”, passe a incluir os itens da segunda lista, por ordem de prioridade

Mas não se estenda de mais, pois você poderá sair rapidamente da lista positiva para uma montanha russa de dividas em um piscar de olhos.

 

5. “É meu e de mais ninguém”

Agora é aquele momento que vai aparecer o familiar que você nem sabia da existência, de um lugarzinho que você nunca ouviu falar pra dizer que: “a prima do amigo do vizinho dela, foi pro casamento do cunhado do amigo da patroa, e que lá tinha algo que você não podia deixar de ter em sua festa…” Não se deixe levar por ideias que não condizem com o que você quer.

many 3d humans pull a rope to opposite directions

Não faça escolhas só para agradar a alguém ou que deu certo pro estilo daqueles noivos.

O momento é SEU e não sairá de graça. Saiba ponderar as sugestões e tire suas próprias conclusões.

Outra dica bem legal é que você deve sempre procurar pechinchar. Não é procurar o mais barato e nem desvalorizar o trabalho de seu fornecedor, mas sim pagar um preço justo. Afinal, você não pode gastar muito e o fornecedor precisa manter o negócio rodando.

 

6. Criatividade é o ponto

Ok, ok… Você fez as contas e economizou tudo que podia, mas ainda não tem como fazer aquela super festa…

Agora, feche os olhos dê a mão para seu futuro cônjuge e abra novamente.

Essa é a pessoa mais importante da festa além de você e a festa está acontecendo no coração dos dois…

Vou dar 3 opções para você melhorar isso

  1. Diminua o número de convidados;
  2. Diminua o tamanho da festa;
  3. Aprenda a fazer alguma coisa que você vai precisar na festa;b37bd59f0322e89cec4bd9988f926827_264145-553x

Com toda certeza se você aplicar uma das três ou até mesmo as três, você conseguirá alcançar o sucesso financeiro de sua festa

 

7. A união faz a festa

Você, com certeza, deve conhecer pessoas, dotadas de certas experiências, que podem ajudar na realização do grande dia, como por exemplo: a tia que faz doces deliciosos; um amigo fotógrafo de eventos; uma cunhada que faz artesanato; um primo que tem um super carrão; aquela prima com mania de organização etc.

Fazer uma festa aconchegante, com a participação direta das pessoas que são importantes para você, é mais do que especial. Por mais que não sejam profissionais, são pessoas que farão com dedicação e carinho o que lhes foi proposto. O importante é passar as coordenadas, alinhar os detalhes e, se possível, contar com alguém para ajudar na organização disso.

 

8. PRESENTES!!!!

Para aliar o útil ao agradável os sites de grandes lojas de artigos para casa, possuem serviços que possibilitam você montar a sua lista para que os convidados possam comprar os presentes pela internet.

Porém, tem algo que poucas pessoas sabem. Se você deixar para retirar o presente na loja, sem a opção de entrega em domicílio, a maioria das lojas dão a opção de gerar créditos no valor que foi efetuada a compra, os quais podem ser gastos como você quiser.

Afinal, é preferível escolher os itens a ser obrigado a trocar tudo o que for dispensável.

 

9. Lua de mel com cobertura de não vou gastar nada340x255

Já pensou em fazer aquela viagem de lua de mel para aquele canto maravilhoso e sem gastar nenhum centavo?

Pois bem, existe diversas agências de viagens que oferecem serviços para compra de cotas de viagem.

Esse serviço consiste em seus convidados juntarem através de depósitos ou pagamentos em cartão, uma cota no valor que ficar melhor para eles, e ao juntar tudo, você terá a possibilidade de escolher o local que seus convidados pagaram.

Essa opção é bastante interessante tanto para você, que não terá de ficar naquela praiazinha sem graça quanto para seus convidados, que saberão o quanto vocês irão usufruir do presente.

 

10. O PEQUENO giganteunnamed (1)

Lembre-se que muitas coisa pequenas são mais prejudiciais do que poucas coisas substanciais.

Aquela lembrancinha que você comprou porque era bonitinha, muitas vezes vai ficar de canto sem utilidade.

Simplifique no buffet e ofereça pratos que agradem à maioria – sem inventar, por exemplo, somente porque “está na moda” ou é “chique”, um jantar exótico. No caso dos docinhos, prefira os que fazem mais sucesso, em vez de escolher os que são apenas bonitos.

 

11. E lá vem a noiva

Muitos casais dizem que o grande dia passou num piscar de olhos e, assim, não conseguiram aproveitar tudo o que eles próprios escolheram. Isso porque a celebração acaba virando um grande “checklist”, com um roteiro muito definido, fazendo com que os noivos passem a festa cumprindo tarefas, como: fazer sessão de fotos em tudo que é canto; cumprimentar 200 convidados; passar 20 minutos sentados, vendo slides de fotos; jogar o buquê da noiva; depois, jogar o tal do sapo de pelúcia (sim, tem essa!); cortar o bolo (e tirar mais um monte de fotos) etc.

Não se obrigue a fazer coisas que você não queira, nas quais não enxerga valor. Aproveitem cada minuto desse momento como vocês preferirem!

Afinal, o primeiro dia, de tantos que virão, precisa ser especial!

 

……..

 

Bem, espero que tenha sido útil….

Mas para finalizar, você não pode esquecer de ter e ser responsável pela vida financeira que você tem.

Não adianta ser “estourado” financeiramente e no fim da festa reclamar que não sabe com que gastou, ou dizer que ficou endividado por conta da festa.

O primeiro passo é assumir sua responsabilidade em QUE, COM QUEM, QUANDO e ONDE usar seu tão suado dinheiro.

 

Desejo a todos, que seu feliz para sempre comece prospero de amor e dinheiro, e que se propague e contagie a todos ao seu redor.

 

Obrigado pelo carinho e atenção…

 

VEM ECONOMIZAR COM A GENTE!!!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s