Vou casar!!! E agora?

PARABÉNS!!! Você vai se casar…Casamento Mary e Jack

Agora é só felicidade, festa, os amigos reunidos diz
endo o quanto vocês vão ser felizes juntos… Mas nem tudo é só farra desenfreada, temos que nos ater aos detalhes para que seja tudo PERFEITO.

Você já deve está familiarizada com festas de aniversários, fim de ano e festas de amigos, mas agora é a hora do seu “EVENTO DOS SONHOS” e para tudo correr 100% temos que saber por onde e para onde ir.

 

“Ó não, mas e agora? Eu não sei o que fazer?”

Bem, é para isso que estou aqui hoje, para lhe dar uma noção básica dessesnoiva-meditando detalhes e protocolos que devem ser muito bem planejados e seguidos para não cometer nada de erros, afinal, é algo que você vai fazer só uma vez na vida.

Preparei algumas dicas para lhe ajudar a saber por onde começar

 

1. Seu estilo, sua festa.

Você já deve ter visto casamentos onde tudo ou quase tudo que compunha a festa tinha haver com os noivos. É exatamente isso que você deve buscar.

Não baseie-se em casamentos de amigos ou pela internet, pois você será bombardeado por inúmeros estilos, gostos e preços. Isso é algo que os DOIS terão que sentar e conversar.

Eu sei, os homens dizem “Você pode escolher…” ou “Tanto faz, só quero que você fique feliz!”, mas não é bem assim.

Depois do casamento TODO é você e seu cônjuge, então porque não começar por algo único em suas vidas?

Faremos o seguinte: liste 5 coisas que define você e 5 coisas que define seu noivo. Procure incluir gostos, personalidade e desejos. Agora peça para ele fazer o mesmo. Compare as duas listas e veja quais coisas estão presentes mais vezes ou que são relacionadas e procure incorporar pelo menos 2 de cada (2 suas e 2 dele).

Um casamento não precisa ser uma festa temática, será sempre um casamento, mas pode ser realizado de vários estilos: clássico e tradicional com igreja e buffet, na fazenda, na praia, no campo, mini casamento num restaurante, festa luxuosa e glamorosa, festa simples e elegante, de dia, de tarde, de noite, balada, brunch, luau, no jardim, em casa, pequena e íntima, festa de arromba, bolo e champanhe, destination wedding com 3 dias de duração, num hotel, informal, formal. Defina qual o estilo de festa é a sua cara. Com essa informação que você irá buscar o local e fornecedores certos.

 

2. Dinheiro não dá em árvore.

Chegamos ao assunto que NINGUÉM quer falar, mas é ALTAMENTE necessário.Gastos do casamento

Saber o quanto se tem disponível para investir em sua festa casamento e principalmente QUEM VAI PAGAR, é algo muito importante e que deve ser conversado francamente com todos os envolvidos.

Se alguém da família vai arcar ou ajudar com as despesas, marque um encontro e conversem abertamente sobre a vontade dos noivos, o quanto os pais podem pagar e o que eles esperam do casamento. Não adianta dizer que você quer isso e ponto, pois eles também vão pagar e querem dar sua opinião.

Pronto, agora você sabe quanto você pode investir, mas não acabou. Você tem realmente esse dinheiro? Se não tem, chegou a hora de abrir uma conta investimento ou uma poupança.

Vou lhe dar 2 motivos para isso.

Primeiro vocês não PODEM começar uma vida endividados, pois em vez de sua festa ser um sonho, acabará sendo um pesadelo, onde vocês ficarão frustrados e presos a uma despesa mensal em créditos por algo que poderia ser pago à vista.

Mas você deve estar dizendo “Casamentos são caros e não dá pra pagar tudo no dinheiro”.

Acredite, dá… Se vocês estiverem compromissados em reservar um valor X para isso com toda certeza dá.

Em sua vida de casal, você terá que fazer reservas para imprevistos, investimentos e outras coisas que talvez vocês nem quisessem guardar para determinado fim. Sua festa de casamento será uma excelente maneira de começar a se programar e pensar como você quer investir no futuro.

Segundo motivo, que acredito ser o mais interessante, é que tudo no dinheiro é mais barato.

Já presenciei clientes meus gastarem 2/3 do que eles tinha previsto para usar em sua festa simplesmente por decidirem pagar à vista.

Dessa forma, além de se prevenir em possíveis imprevistos, você também economiza o suficiente para dar aquela esticadinha na lua de mel, trocar de carro, ajudar na entrada da casa, reformar o guarda-roupa ou trocar os moveis…

 

3. Lista de convidados.

Mas eu nem sei onde vai ser ou o que vai ter! Como vou saber quem vou convidar?

Calma, para que você possa planejar cada passo de seu casamento, você precisa definir uma lista previa de quem você irá convidar.

Não precisa ser uma lista exata, sabemos que em um ano muda muita coisa, mas relaxe, essa lista é algo que você irá modificar várias e várias vezes e até você entrega-la para a confecção dos convites, você poderá fazer os ajustes que necessitar.

Neste primeiro momento faça uma lista provisória para saber quantas pessoas a festa deve comportar e quanto de cada coisa você deverá contratar.

 

4. Onde? Quando? Como?

Depois de definir o estilo, o orçamento, quem vai pagar e quantas pessoas você vai convidar, é só casar…

Vamos com calma, uma coisa que deverá ser verificada com bastante antecedência é ONDE e a partir da disponibilidade do local, QUANDO.

Se vocês tem intenção de casar em alguma igreja, sinagoga, templo ou precisa de um pastor para fazer a cerimonia em um local fora, será sua prioridade verificar a disponibilidade de uma data, pois em algumas igrejas o período de antecedência para agendamento é de até 2 anos.

Verifique se sua igreja possuí restrição de fornecedores que podem trabalhar no local. Se sim, você precisará contratar somente fornecedores autorizados pela igreja, cuidado com isso.

Se possível contrate uma que não tenha esse tipo de restrição. Além de você ter mais opções, pode sair mais barato.

Essa é a hora de escolher, visitar e pesquisar bastante, para poder decidir e não se arrepender depois.

 

5. Ame suas escolhas

Não adianta você ler um livro por dia, durante um ano inteiro, para saber como e o que fazer em sua festa de casamento, pois SEMPRE que você procurar algo você irá encontrar um bilhão de informações novas e NUNCA será o suficiente.

Aqueles livros, blog’s, sites e tudo mais, foram feitos para e pro pessoas diferentes umas da outras, que tem suas manias, expectativas e experiências diferentes umas das outras.

Esse momento não é único por só se fazer uma vez na vida, é único, porque são duas pessoas, se conectando com pensamento únicos, para decidir algo que irá impulsionar sua primeira decisão em conjunto. Isso dará a vocês uma noção de como cada um agirá em determinadas situações, resolvendo disputas, negociando em conflitos e trabalhando suas emoções.

……….

 

Deu pra ajudar? Tirou alguma dúvida? Precisa de mais ajuda? Então entre em contato e comente nesse post o que você está com dificuldade.

 

Anúncios

Um comentário

  1. […] Após escolher o profissional, defina o estilo de design gráfico para guiar os convidados. Uma fonte clássica, em papel grosso ornamentado e envelope alinhado indica um casamento mais formal. Se você optar por ícones fofos dos noivos e papel reciclado, seu casamento pode ter uma pegada mais descontraída e casual. Quer saber mais sobre estilos? Então acesse nosso outro post. CLICK AQUI! […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s